quinta-feira, 14 de janeiro de 2010

Fundação e Desenvolvimento de Assis - Como tudo começou!

Em 1885, José Teodoro da Fonseca chegou a região de Assis, mais conhecida como o Sertão do Paranapanema, onde registrou o título de ocupação da área. Muitas das terras eram ocupadas pelos índios Kaigang e foram divididas e vendidas a outras pessoas, uma delas era o Capitão Francisco de Assis Nogueira, que em 1° de julho ( data de aniversário da cidade) doou oitenta alqueires de terras desmembradas da fazenda Taquaral para a construção de uma capela.

A partir daí surgiram as primeiras casas que deram início a um pequeno povoado, que em homenagem ao Capitão Franciso Nogueira de Assis e São Francisco de Assis, recebeu o nome de Assis. Mas o pequeno vilarejo só tomou um impulso no seu desenvolvimento em 1913, quando os primeiros trabalhadores da Estrada de Ferro Sorocabana chegeram a cidade. Desde então, o pequeno povoado de economia basicamente rural se beneficiou com as atividades comercias ali empreendidas, como padarias, armazéns, serrarias, olarias, açougues e outros. Foi em 1913 que a cidade de Assis recebeu sua primeira fármacia e o primeiro médico, o Dr. José Vieira da Cunha e Silva ( daí o nome da Rua JV da Cunha e Silva).

Em 1914 chega então a Estrada de Ferro Sorocabana, grande responsável pelo desenvolvimento do povoado, que abriu caminhos para o café e fez da cidade de Assis o ponto de convergência de toda a região e base para a colonização do norte do Paraná. Assis tornou-se então ponto de referência regional do Vale do Paranapanema. Com a chegada dos imigrantes italianos, alemães e libaneses na região, Assis foi elevada a condição de município três anos depois.

Hoje o município de Assis tem 95.703 habitantes, de acordo com IBGE/2006 e é favorecido por ter uma economia diversificada, nas áreas da agricultura, comércio e prestação de serviços, e ainda desponta como grande centro educacional e tecnológico na região do Médio Paranapanema.

Abaixo fotos de Assis durante sua fundação e desenvolvimento:


Casa de Taipa




Colocação dos dormentes



Av. Rui Barbosa em 1933




Catedral em 1933


Fonte: Prefeitura de Assis

2 comentários:

Gabi disse...

Olha só!! e eu morei 1 ano na Rui Barbosa com vista para a catedral... que emocionante... *-*

Dan disse...

essa fotos antigas são bem legais, gosto de ficar comparando com o que é hoje... a catedral era sinistra, ainda mais com aquele céu estranho

Postar um comentário